Por Luisa Fragão, da Revista Fórum

A revista científica The Lancet, referência no campo da Medicina, anunciou nesta segunda-feira (20) que a vacina da Universidade de Oxford para a Covid-19 é “segura e induz resposta imune”. Trata-se, por enquanto, de resultados preliminares das duas primeiras fases de testes da imunização.

As duas primeiras fases foram conduzidas no Reino Unido e tiveram 1.077 voluntários. A terceira fase está ocorrendo no Brasil, sendo 2 mil em São Paulo, 2 mil na Bahia e outras 1 mil no Rio de Janeiro.

Os resultados preliminares mostraram que a vacina foi capaz de induzir a resposta imune através de anticorpos e células T por até 56 dias depois da primeira dose. O tempo de imunidade poderá ser ainda maior após uma segunda dose da vacina.

Mais testes

De acordo com os cientistas, no entanto, ainda serão necessários mais testes para confirmar se a vacina é totalmente eficaz contra a doença. A estimativa é que a vacina britânica tenha seu registro liberado em junho de 2021.