Foto: Divulgação

Em mais uma etapa de sua luta contra o câncer, o Rei do Futebol, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, voltou a ser internado, nesta segunda-feira (18), no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. O ex-camisa 10 vai se submeter a uma bateria de exames e não está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

De acordo com o boletim médico divulgado pelo hospital, a situação de Pelé, que está com 81 anos, não preocupa.

“Edson Arantes do Nascimento foi internado no Hospital Israelita Albert Einstein ontem (18) para dar sequência ao tratamento do tumor de cólon, identificado em setembro de 2021. Suas condições clínicas são boas e estáveis, e a alta hospitalar deve acontecer nos próximos dias”, destaca o boletim.

Conforme informações da assessoria do ex-jogador, os exames fazem parte de um check-up mensal e seu estado clínico não gera preocupação.

Em 2021, Pelé foi diagnosticado com um tumor no cólon direito, região do intestino grosso, e foi submetido a uma cirurgia. Depois disso, realiza tratamento à base de quimioterapia com frequência.

Segundo médicos, o tumor que mais preocupa é no fígado

Em janeiro de 2022, a ESPN Brasil divulgou que Pelé tem um tumor no intestino, um no fígado e um no pulmão. “O que mais preocupa os médicos é o do fígado, por não poder ser retirado em cirurgia”, afirmou a reportagem.

Há dez anos, o ídolo do Santos e da seleção brasileira se submeteu a uma cirurgia no quadril. Quatro anos depois, foi necessária nova intervenção no local. Desde então, ele tem mobilidade reduzida.