Reprodução

O ciclone-bomba que atingiu a Baixada Santista causou prejuízos em Peruíbe, no Litoral Sul, na noite de terça-feira. O fenômeno extratropical trouxe ventos fortes e muita chuva. Nove embarcações (duas lanchas e sete barcos) foram destruídas e afundaram perto ponte Rio Preto que liga o Centro da Cidade ao bairro do Costão.

Uma forte onda arrebentou as amarras que prendiam as embarcações ao píer, fazendo com que batessem em uma ponte e ficassem totalmente destruídas. Ninguém ficou ferido.

Posted by Juanita Trigo on Wednesday, July 1, 2020

Ao passar pelo local, a equipe da Guarda Civil Municipal prestou apoio com iluminação e pulou na água com pescadores para tentar segurar e salvar as embarcações. A Prefeitura também enviou outras equipes para ajudar. Confira no vídeo abaixo a força do mar na orla da praia.

Mesmo com a maré baixa, do nada vem apenas uma onda e faz essa arruaça… Quiosque Maremansa19Bal. Stella Maris – Peruíbe SP

Posted by Quiosque Maremansa – 19 on Tuesday, June 30, 2020

O prefeito Luiz Mauricio esteve no local para prestar solidariedade às famílias atingidas.”Tenho muita proximidade com os pescadores de Peruíbe e sei o quanto estão sofrendo nesse momento. A prefeitura atuou na madrugada auxiliando na busca das embarcações. Nossos departamentos estão trabalhando para dar assistência necessária a todas as famílias atingidas. “Passaremos por mais essa. Nosso povo é um povo forte, que não se rende aos percalços da vida. Juntos reconstruiremos tudo o que foi destruído.”, disse o prefeito.

Equipes da Defesa Civil e da Secretaria de Obras estão auxiliando os pescadores nas buscas das embarcações. A Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social está fazendo cadastro para auxiliar no que for necessário. Perto de 40 famílias foram registradas e vão receber uma cesta básica.

Outras ocorrências
Além disso, a Defesa Civil do município afirmou que caiu uma árvore no bairro Guaraú e um grande deslizamento foi registrado em parte da orla da praia. Segundo a pasta, também foi registrada a queda de um carro, dentro de um buraco, na região do bairro Ruínas.

Bertioga
A Defesa Civil de Bertioga também registrou mais de 15 quedas de árvores, assim como casas que perderam parte de seus telhados e muros que caíram. Não houve vítimas.

Praia Grande
A Secretaria de Serviços Urbanos realiza na manhã desta quarta-feira o atendimento de ocorrências registradas de quedas de árvores, nenhuma que tenha atingido alguém ou causado danos estruturais graves. Desde a última noite, cerca de 10 casos foram levantados.

Sobre a sinalização viária, alguns semáforos registraram problemas temporários, mas nesta manhã as situações foram normalizadas pela Secretaria de Trânsito. A Defesa Civil informa também que não recebeu nenhum chamado de ocorrência grave, mas que monitora os atendimentos recebidos no Centro Integrado de Comando e Operações Especiais (Cicoe) e toma as providências caso haja necessidade, assim como a Secretaria de Urbanismo (Seurb). Com relação à velocidade do vento, a Defesa Civil acompanha os alertas emitidos pela Base Aérea de Santos, não sendo responsável pela medição.

Mongaguá
Entre 30 de junho e 1º de julho, as rajadas de ventos chegaram a 90 km/h. Até o momento, não há ocorrências devido às ressacas. O Município contabiliza a queda de sete árvores, que já foram devidamente removidas. Não há registros de acidentes.

Guarujá
A Defesa Civil de Guarujá informou que acumulado de chuva das últimas 72 horas foi de 9,5 milímetros. Já a máxima dos ventos nas últimas 24 horas foi de 90.1 km/h registrado as 22h38, dá última segunda-feira-feira (29). Foram atendidas nas últimas 24 horas, quatro ocorrências de queda de árvores nos seguintes  bairros –  Santo Antônio, Morrinhos e Vila Lígia.

São Vicente
Prefeitura de São Vicente, por meio da Defesa Civil, informa que, até o momento, não registrou ocorrências relacionadas ao vento na Cidade.

Cubatão
Segundo a Defesa Civil de Cubatão, não houve ocorrências na Cidade.

Bom dia pessoal !!Agradecemos a Deus pela proteção das vidas ♥️🙏Nesta noite de terça-feira houve um vendaval levou os barcos dos pescadores de Peruíbe SP. Com ajuda de Deus e dos amigos, estão conseguindo localizar os barcos ,que estão encalhado na pedreira aqui descendo para o Rio preto; Deus abençoe a todos, vamos ajudar em oração .Pedimos a ajuda e mobilização junto à prefeitura de Peruíbe e o governo do Estado de São Paulo para que todos possa recomeçar seu trabalho e suas vidas !!!Os pescadores são importantes para todos nós , são eles que arriscam suas vidas para trazer os peixes para nossas casas ♥️🙏Com Bernardo de Deus

Posted by Andréa Melo on Wednesday, July 1, 2020

Não informaram
As cidades de Bertioga e Itanhaém não informaram se houve ocorrências em razão das chuvas e dos ventos.

Matéria atualizada às 15h44