O crime ocorreu em Itanhaém - Foto: Divulgação

Uma mulher de 23 anos foi estuprada e mantida em cárcere privado pelo ex-companheiro, de 39 anos, em Itanhaém. Os crimes, inclusive, teriam ocorrido na frente do filho da vítima, de 5 anos. O homem, que estava foragido do Centro de Progressão Penitenciária de Valparaiso, no interior de São Paulo, foi preso em flagrante.

Segundo informações da Polícia Civil, a jovem, que reside em São Bernardo do Campo, se dirigiu ao litoral no dia 9 de outubro, depois de receber o convite de uma amiga para passar o fim de semana em Mongaguá.

Ao chegar à cidade, ela foi recebida pelo ex-namorado, com quem manteve relacionamento por seis meses.

O homem a arrastou pelos cabelos até um veículo e a levou para a Chácara São Fernando, em Itanhaém, onde ele mora. Além de ameaçar a mulher de morte, ele a obrigou a manter relações sexuais, inclusive, na presença do filho dela.

Fuga e denúncia

Depois de uma semana em cárcere privado, a mulher conseguiu fugir. Ela procurou a polícia e fez a denúncia. Quando estava se dirigindo ao local, a equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) encontrou o criminoso no caminho.

O homem foi revistado e a polícia encontrou o celular da vítima. Na chácara, foram localizados o filho e os pertences pessoais dela.

O homem foi preso em flagrante por crimes de estupro, ameaça, sequestro e cárcere privado, violência doméstica e satisfação de lascívia mediante a presença de criança.

Com informações do G1