Robinho - Foto: Divulgação

Por Revista Fórum

Circula nas redes sociais, nesta sexta-feira (16), uma mensagem de áudio atribuída a Robinho em que o jogador do Santos se diz “tranquilo”, após a revelação de gravações que mostram que ele participou de estupro coletivo na Itália. Ele ainda ataca a Globo e garante que vai jogar pelo clube.

“Fala, meu diretor. Diretor, desistir jamais. Fala pra ele ficar em paz, ficar tranquilo. Esses ataques da Globo não vão me afetar, Deus tá no controle de tudo. Só blindar minha família dessas coisas, porque minha esposa, meus pais, meus filhos, são as pessoas que mais sofrem. Mas eu tô tranquilo. A gente sabe que essa emissora não preserva coisas boas, dão muita ênfase pra coisa negativa, querem ganhar ibope”, afirma o atleta.

“E obviamente o Santos não tem nada a ver com meus problemas pessoais, mas isso também, eu ir pro Santos ajuda, eles acham que o Santos é time pequeno, e o Santos é gigante. Eles acham que os times grandes são só os de São Paulo. Mas fala pro Marcelo que eu tô tranquilão. Tô de boa, me preparando pra jogar e meter gol”, completa.

O “Marcelo” citado no áudio provavelmente é Marcelo Teixeira, ex-presidente do Santos e atual presidente do Conselho do clube.

Ouça o áudio:

A mensagem de Robinho vem em meio à repercussão da revelação dos diálogos que provam sua participação em um estupro coletivo cometido na Itália. Essas conversas fazem parte do processo pelo qual o jogador foi condenado em 2017 em primeira instância, no país europeu, a nove anos de prisão.

A revelação motivou uma intensa campanha para que o Santos dispense Robinho, que inclui, inclusive, patrocinadores do clube que ameaçam encerrar o contrato caso o clube não se posicione sobre a situação. A Orthopride foi a primeira empresa a se mobilizar contra a chegada de Robinho à Vila Belmiro. A marca rescindiu o contrato antes mesmo dos desdobramentos desta sexta.