Revitalização do centro histórico, a ousadia urbana santista, por Jaqueline Fernández Alves

Embora possa parecer uma dicotomia, não se vive do passado quando se trata de preservação do patrimônio histórico e cultural. Se as ações não são continuadas, o patrimônio histórico será prejudicado